Beleza

28/02/2019 08h00

É hora de recuperar a pele

Talvez você tenha pegado muito sol e vento neste verão. É hora de avaliar os estragos na pele e começar os cuidados para sua recuperação e saúde.

Por Nosso Bem Estar

pixabay
Pele

É hora de avaliar os estragos na pele e começar os cuidados para sua recuperação e saúde.

É importante a avaliação de um dermatologista quando surge uma mancha na pele. As manchas, além do problema estético, podem indicar vários problemas de pele, desde exposição ao sol exagerada, passando por micoses, alergias, até câncer de pele. Caso não haja nenhum problema maior, os cuidados para a recuperação da pele são mais simples e podem ser feitos em casa tranquilamente. São três ações básicas e que não vão tomar muito do seu tempo: hidratação, limpeza e proteção. Agora a primeira preocupação é com a hidratação, pois a exposição ao sol provoca ressecamento da pele. Passar hidratantes após o banho, em todo o corpo é uma eficaz e simples medida que pode ser incluída em seus hábitos cotidianos. Nas regiões frias os hidratantes se tornam tão indispensáveis no inverno quanto no verão, pois o frio também castiga e desidrata a pele. Encontram-se bons produtos por preços bem acessíveis nas farmácias e supermercados. Compre e use, vai te ajudar.

DE DENTRO PARA FORA

Pouco adianta usar cremes hidratantes e esquecer que a hidratação vem de dentro para fora. Portanto, é importante beber muito líquido, no mínimo dois litros de água por dia. Uma boa dica para não esquecer isto, é ter sempre a vista uma garrafa de água próxima. Vá bebericando ao longo do dia, este hábito vai fazer a diferença, acredite.

Para os fumantes, as notícias são péssimas, como sempre. O tabagismo diminui a hidratação da pele e os níveis de antioxidantes no sangue. O tabaco afeta a saúde de diferentes maneiras, mas estudos mostram que a pele é o órgão mais atingido. O tabaco acentua as rugas (principalmente ao redor da boca e dos olhos), piora o aspecto das olheiras devido à má circulação do sangue nesta área, a pele se torna mais ressecada e sem brilho. Ou seja, já está na hora de suprimir este vício de sua vida.

Além da hidratação, deve ser feita diariamente a limpeza de pele com sabonete ou loções para remover impurezas e excesso de oleosidade. Se usar sabonete, procure um com pH próximo ao fisiológico, ligeiramente ácido. Os sabonetes comuns tendem a deixar a pele ressecada. Um bom sabonete é somente alguns centavos mais caros, não custa fazer um upgrade de marca e ter mais proteção para sua pele.

UMA ESFOLIAÇÃO SIMPLES

É importante fazer uma esfoliação uma ou duas vezes por semana, para remoção das células mortas das camadas mais superficiais da pele, evitando assim, a obstrução dos poros. Existem vários procedimentos que aceleram a remoção das células mortas e que são fáceis e baratos de fazer em casa. 

Um bom banho com bucha vegetal, por exemplo, já consegue um ótimo efeito, limpando e retirando muito da camada superficial da pele, já morta. E, gente, a bucha é extremamente barata e junto com um bom sabonete hidratante você não gastará mais do que quatro reais com este ‘tratamento’.

Mas caso você queira dar um trato mais especial para entrar no outono sem as marcas do verão, é o caso de fazer um peeling. Ele é indicado para amenizar as manchas e rugas superficiais, poros dilatados, textura áspera, sardas e marcas de acne. Depois do verão, quando o sol diminui de intensidade, é a melhor época para iniciar este tipo de tratamento. 

Peeling em inglês quer dizer esfolar. Ele promove a descamação e renovação da pele através de produtos químicos como ácidos e, dependendo da profundidade que atua pode ser classificado como superficial, médio ou profundo. Este não dá para ser feito em casa, pois a aplicação destes produtos deve ser feita sob orientação médica, que fará também uma avaliação antes de prescrever o melhor método. 

SOL SEM PARANOIAS

Depois de limpa e hidratada, continue se protegendo dos excessos. Sem a paranoia de ter que usar filtro solar até para olhar pela janela, certo? O Sol não é necessariamente mortal, como a indústria de cosméticos quer nos fazer acreditar para vender suas toneladas de protetores. Mas caso você vá ficar exposto nas horas de maior incidência de raios, entre as 10 e as 14 horas, proteja-se, aí sim um protetor solar é importante. E, porque não um chapéu, que tanto foi usado no passado, oferecendo proteção e charme especial a quem os usa?

E o outono já já vem ai! Curta esta belíssima estação e sua luminosidade maravilhosa. Poucos cuidados, e bem baratos, te ajudarão a ficar mais saudável e ressaltarão sua beleza natural.

 

X