Saúde Integral

08/08/2019 08h00

As fases da vida segundo o Ayurveda

Todas as fases da vida, quando entendidas e respeitadas nas suas particularidades, são lindas.

Por Paulo Alvarenga

Nosso Bem Estar
Sec ago inh 65341 00050(1)

As fases da vida segundo o Ayurveda

A criança não deve ter comportamento de adulto, vida de adulto, nem cabelo pintado de adulto.

Deve-se viver intensamente cada fase, evitar os excessos e principalmente ter medida entre o trabalho e o lazer. Não sacrificar o presente em nome de um (bom) futuro.

Deixar para desfrutar prazeres quando se aposentar ou “enriquecer” poderá ser uma armadilha, pois glândulas que secretam hormônios do prazer aos 30 não os fazem aos 60 ou 70.

Portanto, cautela e consciência ajudam. Mas ajuda, também, compreender as características de cada fase da vida. Para o Ayurveda - Ayur (vida) e Veda (conhecimento) - cada fase deve ser desfrutada e respeitada conforme suas características e limitações.

A fase Kapha

A primeira fase da vida inicia na célula ovo e termina na adolescência entre 15 e 18 anos, período em que cessa o crescimento. 

Nessa fase, o corpo está em processo de formação e estruturação, o sabor doce atrai a criança. Esse doce deve ser ofertado primeiramente pelo leite materno, que é imprescindível ao desenvolvimento físico e emocional, e mais tarde pelo sabor doce das frutas, dos laticínios de boa qualidade, dos legumes, arroz e cereais. Embora seja atraente para crianças e também para adultos, deve se evitar ou reduzir ao máximo as balas, chocolates e pirulitos.

Na fase Kapha é comum que ocorra a formação de mucos e problemas respiratórios. Para o desenvolvimento pleno do indivíduo, é de elevada importância conviver em relações estáveis com os pais.

O afeto, a alegria e a segurança dão o suporte para que as fases seguintes da criança e do jovem sejam satisfatórias. A presença física dos pais, respeitadas suas contingências de tempo ao trabalho na vida moderna, é fundamental.

A criança aprende pelo carinho, pela emoção, pelo exemplo. O excesso de estímulos nessa fase causado pela uso de eletrônicos, jogos  ou por uma agenda com compromissos e horários rígidos leva ao envelhecimento (precocidade) da criança. Estes excessos de estímulo são hoje identificados como as principais causas da hiperatividade e da ansiedade, influenciando negativamente as fases seguintes.

A fase Pitta

Inicia aos 17 ou 18 anos (término do período do crescimento) e se estende até a menopausa na mulher e a andropausa nos homens. A adolescência encerra a fase Kapha e inicia essa importante jornada.

Nesse longo período na vida do ser humano o elemento fogo impulsiona o ímpeto, coragem e a determinação.  Nessa fase homens e mulheres buscam a realização profissional, o conforto material e um forte espírito para vencer os problemas da vida.  Paixões e prazeres se expressam nessa fase. Os excessos, tanto alimentares quanto psicológicos, podem levar aos problemas cardiovasculares.

Nesta fase de conquistas, de lutas e de decisões importantes na vida, as glândulas funcionam em plenitude, os desejos são mais ardentes, a vida ganha sabor e o aspecto material tem elevada importância. É nesta fase que a beleza física ganha maior destaque e as vaidades se manifestam. O prazer e as conquistas são amplamente valorizados: “vencer na vida”.

A fase Vata

Na chegada da menopausa nas mulheres e da andropausa nos homens inicia a fase espiritual e a preparação para o retorno. É a fase mais nobre da existência, como nos ensinam os vedas (milenar sabedoria Indiana). Fase onde as paixões reduzem, o apego e valores materiais deveriam cessar. A sabedoria vinda da experiência, bem como o caminho espiritual tem grande impulso. A energia vital se volta para a mente e para o espiritual. Há propensões aos problemas degenerativos do sistema nervoso e osteoarticular.

Homens e mulheres na idade Vata tem a beleza de pessoas nessa fase. Buscar o corpo, o desejo e a aparência dos 30 anos só trará frustrações e retardará a mais bela fase da existência: a espiritual.

Os cinco elementos

A Medicina Ayurveda é a Medicina tradicional da Índia há milhares de anos.  No Brasil, faz parte das Terapias Integrativas e Complementares.

Esta terapia milenar utiliza várias técnicas, tais como massagem, nutrição e fitoterapia, dentre outras, como método de diagnóstico, prevenção e também de cura, baseada nos estudos do corpo, alma e mente.

De acordo com esse conhecimento, tudo no Universo, inclusive o nosso corpo físico, é formado por cinco elementos principais: Água, Terra, Fogo, Ar e Éter (ou espaço). Estes, por sua vez, se unem dois a dois para formar os Doshas que, em estado de desequilíbrio podem desencadear doenças físicas e psicológicas, desordens emocionais, desequilíbrio mental e disfunções fisiológicas.

Os três principais Doshas marcam as fases da vida e influenciam corpo, mente e espírito.

Kapha: comanda a estrutura da física e emocional. Elementos ar e terra.

Pitta: metabolismo e discernimento. Elementos fogo e água.

Vata: energia espiritual, sistema nervoso e todos os movimentos corpóreos. Elementos ar e éter.

 

Paulo Alvarenga é terapeuta Ayurvédico

 

 

 

X